Artigo

Publicado em: 17/1/2012

Retinopatia Diabética

Por Dr. Ademar Valsechi
SXCartigo_valsechi_03_.jpg

Diabetes mellitus é uma alteração caracterizada pelo aumento de glicose no sangue, causada por falta ou falha da insulina produzida pelo nosso corpo, no pâncreas.

 

Além de muitas outras patologias produzidas pela hiperglicemia, a Retinopatia Diabética é complicação freqüente, sendo acausa mais comum de cegueira legal entre as idades de 20 a 65 anos.

 

Nos pacientes diabéticos que não se cuidam, vão aparecendo microaneurismas e microhemorragias na retina, que vão degradando os vasos sanguíneos. Além de manchas algodonosas que vão se formando no local das microhemorragias, vão se formando microvasos, nesses locais, dando a chamada Retinopatia Diabética proliferativa. Nesta fase é comum dar grandes hemorragias intraoculares.

 

Tratamento:

                       

A melhor conduta é a prevenção, mantendo o tratamento do diabetes sob rígido controle, não deixando a glicemia flutuar muito. Apesar de todos os cuidados, se aparecer a retinopatia Diabética, o tratamento é com laser para fotocoagular os microaneurisnas da retina.  

 

Quando ocorre hemorragia intraocular, a conduta é uma cirurgia chamada Vitrectoomia, associada com endolaser.

 

 


 

Dr. Ademar Valsechi - CRM 1564

Médico Oftalmologista

Clínica de OlhosValsechi
Fone: (48) 3222-8907




CreativeBizz

Guia Médico - Orgão Informativo da Área da Saúde de Florianópolis - atendimento@guiamedicoflorianopolis.com.br