Notícia

Publicado em: 11/7/2022

Férias podem ajudar na saúde mental e no bem-estar

Pixabayturismoterapia.jpgPesquisadores propõem que mudemos a forma como vemos o turismo - como uma turismoterapia.

Você provavelmente já ouviu falar de musicoterapia e arteterapia - mas e de uma "terapia de viagem"?


Um novo estudo interdisciplinar propõe que mudemos a maneira como vemos o turismo, vendo-o não apenas como uma experiência recreativa, mas como uma indústria que pode fornecer benefícios reais à saúde.


A conclusão é de uma equipe de especialistas em turismo, saúde pública e marketing, que se reuniu para investigar como o turismo poderia beneficiar pessoas que vivem com problemas ou condições de saúde mental.


A equipe descobriu que muitos aspectos de sair de férias podem ter um impacto positivo em pessoas com condições tão graves quanto a demência.


"Especialistas médicos podem recomendar tratamentos para demência, como musicoterapia, exercícios, estimulação cognitiva, terapia de reminiscências, estimulação sensorial e adaptações às refeições e ao ambiente de um paciente. Tudo isso também é encontrado com frequência durante as férias. Esta pesquisa está entre as primeiras a discutir conceitualmente como essas experiências de turismo podem funcionar como intervenções para a demência," disse o Dr. Jun Wen, da Universidade Edith Cowan (Austrália).


Diversão de férias ou tratamento?


O Dr. Wen contou que a inspiração para o estudo veio da natureza variada do turismo, que oferece muitas oportunidades para incorporar tratamentos para questões relacionadas à saúde mental.


Por exemplo, estar em novos ambientes e ter novas experiências pode proporcionar estimulação cognitiva e sensorial.


"O exercício tem sido associado ao bem-estar mental, e viajar geralmente envolve atividade física aprimorada, como mais caminhadas.


"As refeições costumam ser diferentes nas férias: Geralmente elas são mais encontros sociais com várias pessoas, e descobriu-se que as refeições em estilo familiar influenciam positivamente o comportamento alimentar dos pacientes com demência.


"E depois há o básico, como ar fresco e sol, aumentando os níveis de vitamina D e serotonina.


"Tudo se junta para representar uma experiência de turismo holística, tornando fácil ver como os pacientes com demência podem se beneficiar do turismo como uma intervenção," concluiu Wen.


Fonte: Diário da Saúde


Checagem com artigo científico:

Artigo: Tourism as a dementia treatment based on positive psychology
Autores: Jun Wen, Danni Zheng, Haifeng Hou, Ian Phau, Wei Wang
Publicação: Tourism Management
Vol.: 92, 104556
DOI: 10.1016/j.tourman.2022.104556


Data de publicação original: 8/7/2022




Inserir Comentário

Buscar notícias

Edição Impressa

Guia Médico de Florianópolis (13ª edi...

edições
CreativeBizz

Guia Médico - Orgão Informativo da Área da Saúde de Florianópolis - atendimento@guiamedicoflorianopolis.com.br